Entrei em contato com esse termo através de um livro da Julia Cameron ( artista, dramaturga, espiritualista, professora de criatividade e poetisa, BABEM!)

Fiquei tão entusiasmada com o que ela propõe que resolvi passar para vocês através de uma re-leitura que fiz desse assunto.

O Meu Eu de CINEMA é uam espécie de eu secreto que muitas vezes está encoberto por idéias rígidas de como a vida tem que ser na “realidade”. Geralmente chamo isso de ” adultice” crônica.

Se você imaginar um filme feito para você atuar como protagonista da história, como seria esse personagem?!

Veja bem: Uma coisa é você imaginar que personagem você seria em um filme hoje, do jeito que você está, outra coisa é você imaginar, criar o personagem que você gostaria de ser em um filme.
Sem preconceitos, vergonhas ou limites, aquilo que você adoraria interpretar, viver, ser caso você fosse o protagonista de um filme FEITO PARA VOCÊ!

Então proponho um exercício aqui, com algumas perguntas que a Júlia propõe e outras que eu coloquei, pegue um caderninho de anotações ( minha sugestão é que você tenha um caderno do EU mas depois falo mais sobre isso) e tente responder:

– Qual é o tipo de roupa preferida do seu EU de CINEMA?

-Onde mora o seu EU de CINEMA?

-Seu EU de CINEMA está em um relacionamento? Casado? Solteiro? Enroscado com alguém que não consegue assumir?

– Qual é a prática espiritual do seu EU de CINEMA?

– Quais os 3 adjetivos mais usados para descrever o seu EU de CINEMA?

– Qual o título da autobiografia do seu EU de CINEMA?

-Seu eu de cinema gosta de ir ao teatro? Cinema? Qual seu estilo de filme favorito?

– O que ele gosta de fazer profissionalmente? Como ele se expressa no mundo com seus talentos?

Essas perguntas parecem fáceis mas elas revelam algo muito poderoso sobre você!

Elas te contam uma história que PRECISA sair do seu íntimo. Esse exercício revela uma de suas facetas secretas!
Nós temos alguns eu´s secretos, eles existem porque fazem parte da nossa história, do estériotipo da nossa aprendizagem.

Para estarmos em paz com nós mesmos precisamos nos conhecer, e re-conhecer nossos eu`s secretos é uma maneira incrível e divertida de sabermos mais sobre nós mesmos, nos aceitarmos e utilizarmos o que somos a nosso favor.

Eu por exemplo, tenho um eu secreto muito nerd, que ama histórias em quadrinhos veste quase sempre o mesmo tipo de roupas, passa horas e horas lendo e tem um círculo de amigos bem restrito.
Ao mesmo tempo eu tenho um eu secreto que é uma mulher muito elegante, expansiva na sua forma de comunicar que se veste com as melhores roupas do mundo, sabe dos melhores lugares secretos das principais cidades e faz consultoria de bem estar e arte para altos executivos.

Essas duas personagens vivem dentro de mim ( entre outras inclusive meu EU de CINEMA) e me ajudam a contar a minha história de uma maneira original e equilibrada com a minha essência.

Por que independente das pessoas terem um personagem parecido com o seu, somente você pode contar essa história da forma como está sendo contada.

Seus detalhes são importantes, conte eles para você!

Desvende-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *