Ela vem com o livro A INVENÇÃO DE MOREL, uma obra de arte impressa em três cores e com um espelho para nos inspirar e refletir sobre onde estamos.
Nessa obra, escrita por Adolfo Bioy Cesares, um refugiado da polícia se esconde em uma ilha misteriosa onde, dizem, quem nela se instala é acometido por uma doença rara que mata ” de dentro para fora”. O desespero para se esconder é tanto que nosso personagem ignora esse fato e, em seus momentos de solidão, passa a registrar no seu diário seus dias exuberantes, intrigantes e por vezes fantasmagóricos na ilha que se mostra cada dia mais fantástica, com o aparecimento de visitantes que parecem ignorar a sua presença. Esse diário é o livro que você tem em mãos! Invertendo as ordens e as leis com que estamos acostumados A INVENÇÃO DE MOREL nos intriga porque nada parece o que é. Tudo acontece como se os olhos do nosso fugitivo estivessem o tempo todo registrando aquelas raras impressões cotidianas que nos fazem mudar de perspectiva sobre nós mesmos e a nossa existência.
Onde estamos? Para onde vamos? O amor é possível se existe distância física? O que determina essa distancia? Os lugares são só lugares ou pertencem a alguma idéia já preestabelecida? Somos moldados por isso? Como?
Adolfo Bioy Cesares foi um dos autores favoritos de Jorge Luis Borges e teve em sua vida literária diversos prêmios.
A nossa caixa intitulada MAR ABERTO traz a atmosfera do livro em uma obra de arte pensada a partir dessas questões. Ela nos fala sobre fantasmagoria, distanciamento, vazio e a própria imparcialidade da natureza sob uma perspectiva humana.
Nossa surpresa Desobedientes deste mês é um espelho decorativo para você sempre se perguntar onde está, já que uma vez descoberto isso podemos alterar o rumo das coisas, certo?

 

Desobedientes Box3 – Fevereiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *